Estudantes da Universidade Lusófona são finalistas do Orçamento Participativo Jovem Portugal 2019

Artur Guerreiro sugere a realização do projecto “Ténis Sobre Rodas” com o intuito de promover a inclusão social através do ténis e da actividade física. Este programa social pretende levar a modalidade a Bairros Sociais, Escolas, Zonas rurais, Parques da cidade e Lares de idosos dos quatros cantos de Portugal. O “Ténis Sobre Rodas” é o projecto nº 111 do OPJP.

Miguel Villa de Brito propõe a construção do "CRICA - Centro de Recuperação e Investigação do Camaleão do Algarve” pois a espécie, em Portugal, só existe no litoral algarvio e a sobrevivência desta espécie encontra-se ameaçada pela fragmentação do território, bem como pelos constantes atropelamentos e capturas ilegais. O CRICA é o projecto nº 50 do OPJP.

“Centro de Recuperação e Investigação do Camaleão do Algarve” e “Ténis Sobre Rodas” são os projectos dos dois alunos da Faculdade de Educação Física e Deporto da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. A votação pública nacional está aberta aos jovens portugueses até 4 de Agosto. 

Artur Guerreiro e Miguel Villa de Brito, alunos da Faculdade de Educação Física e Deporto da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, participaram na 3ª edição do Orçamento Participativo Jovem Portugal 2019 (OPJP) com dois projectos introduzidos nas áreas temáticas de “Igualdade e Inclusão Social” e “Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”, respectivamente.

Artur Guerreiro e Miguel Villa de Brito, alunos da Faculdade de Educação Física e Deporto da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, participaram na 3ª edição do Orçamento Participativo Jovem Portugal 2019 (OPJP) com dois projectos introduzidos nas áreas temáticas de “Igualdade e Inclusão Social”e“Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”, respectivamente.

Os projectos “Ténis Sobre Rodas” e “Centro de Recuperação e Investigação do Camaleão do Algarve” são já finalistas do OPJP, estando em competição, com mais 230 projectos, numa votação pública nacional que decorre até ao dia 4 de Agosto, onde apenas os jovens, com idades compreendidas entre os 14 e os 30 anos, portugueses ou estrangeiros a residir em Portugal, podem exercer o seu direito de voto.

Artur Guerreiro sugere a realização do projecto “Ténis Sobre Rodas” com o intuito de promover a inclusão social através do ténis e da actividade física. Este programa social pretende levar a modalidade a Bairros Sociais, Escolas, Zonas rurais, Parques da cidade e Lares de idosos dos quatros cantos de Portugal. O Ténis Sobre Rodas” é o projecto nº 111 do OPJP.

Miguel Villa de Brito propõe a construção do “CRICA – Centro de Recuperação e Investigação do Camaleão do Algarve” pois a espécie, em Portugal, só existe no litoral algarvio e a sobrevivência desta espécie encontra-se ameaçada pela fragmentação do território, bem como pelos constantes atropelamentos e capturas ilegais. O CRICA é o projecto nº 50 do OPJP.

Os jovens portugueses com idades compreendidas entre os 14 e os 30 anos, podem optar votar no projecto n° 111 ou no projecto nº 50 na Plataforma do OPJP ou através do envio de uma mensagem SMS gratuita.

No último caso, o jovem português ou estrangeiro a residir em Portugal, deve enviar uma SMS para o 4310 com 111 ou 50 n°CC completo autorizo.

Exemplos:

111 123456781ZX6 autorizo

50 123456781ZX6 autorizo

A votação pública nacional do Orçamento Participativo Jovem Portugal 2019 decorre até dia 4 de Agosto e a lista de vencedores será anunciada até dia 12 de Agosto, Dia da Juventude.